Sessão solene comemora os 50 anos do Hospital Espírita André Luiz

18/10/2017 00h51

Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados

O Plenário da Câmara homenageou nesta segunda-feira (16), em sessão solene, o cinquentenário do Hospital Espírita André Luiz, de Belo Horizonte (MG).

A deputada Raquel Muniz (PSD-MG, autora do requerimento para a homenagem, afirmou que o trabalho realizado pela instituição é fundamental para a sociedade "estressada e sobrecarregada" dos dias de hoje. "O importante trabalho desenvolvido ao longo desses 50 anos torna o hospital tão especial, o cuidado com o outro, o amor com o próximo e a forma humanizada como agem, dando dignidade aos que a ele recorrem em busca de socorro", destacou.

Segundo Raquel Muniz, a instituição ajuda as pessoas a deixar seus vícios, alivia os que estão em sofrimento mental e auxilia as famílias dos doentes. "Além de tratar o paciente no hospital, as famílias encontram acolhimento e apoio para que possam juntamente com o familiar encontrar o caminho que fortalece a todos ", disse.

O Hospital Espírita André Luiz é uma instituição beneficente de assistência à saúde mental. Lá são realizados atendimentos particulares, por convênio e filantrópico, para pessoas sem condições econômicas. "Além do atendimento médico, o hospital trabalha sob a orientação da doutrina espírita, tendo como base o acolhimento, a fraternidade e a humanização", destacou a deputada

Em mensagem enviada ao Plenário, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que, apesar da saúde ser um dever do Estado, não há impedimentos para que empresas privadas e organizações não-governamentais atuem ao lado do poder público na prestação de serviços.

"As ONGs são especialmente importantes para a população mais pobre, e ao longo de toda história brasileira sempre houve voluntários dispostos a doar seu tempo pela saúde alheia", afirmou.

Fonte: Agência Câmara Notícias (Reportagem - Alinne Castelo Branco / Edição - Rosalva Nunes)