Simplifique

05/06/2018 13h05

Imagem: Pinterest Imagem: Pinterest

Não importa quantos passos você andou, o que importa foi o que você encontrou no caminho que percorreu e o que colheu durante o seu caminhar. Não importa quantos passos você deu, quantos tombos você caiu, o que importa mesmo no seu caminhar serão as forças que você obteve ao decidir que o melhor mesmo era levantar.

Não importa quantos amigos você cultivou, o que importa de verdade é o quanto você se percebeu como luz no processo evolutivo e o quanto se fez luz a ponto de transbordar para aquele amigo que não entendeu as leis do amor.

Não importa a quantidade, porque a qualidade não está nas contas do evoluir, mas sim no qualitativo, aquilo que qualificou ser no mais puro amor. Porque o amor é essencial para alcançar qualquer nível de felicidade.

Simplificar o agir ao buscar felicidade é uma questão de olhar e perceber que a simplicidade das coisas está na simplicidade também do agir, do sentir. Perceber que são as coisas mais simples que nos dão intenso prazer, e que as recordações mais bonitas e que nos fazem felizes são as mais singelas e que estão presentes em momentos simples da nossa existência. Simplificar a felicidade é tarefa bela.

Estejamos certos que cultivar momentos de intensa alegria requer muito pouco: observar a vida de um ângulo mais simples, sentar sem muito questionar o porquê, mas para que precisamos passar por determinados momentos e não dar tanta importância na suposta dor. Porque tudo passa e passar com serenidade faz parte dessa simplicidade que traz a leveza no caminhar.

Jesus esteja nos vossos corações.

Saulo

Mensagem psicografada em 04/06/18 no Centro Espírita Portal da Luz